Diário da Débora Soriano

debora_thumb

Diário da Débora Soriano

0 Comentários
|

Me chamo Débora Soriano tenho 25 anos, e fui submetida a cirurgia bariátrica a dois anos e meio atrás, sempre fui gordinha na adolescência e cheguei a pesar 145kg. Não foi fácil me manter em dieta, mesmo com auxílio de remédios, até chegava a eliminar alguns quilos porém engordava tudo de novo, as vezes até mais, mesmo sem o apoio da família resolvi fazer. Todos sabem que o fato de fazer a cirurgia não muda a cabeça de um obeso e reeducação alimentar pós-cirurgia não é fácil.

debora_post1

Não me arrependo de ter feito a Gastroplastia, mas sabemos que com ela vem algumas carências de vitaminas e outros problemas, os quais já começo a sentir o efeito. Eliminei no total 55kg, aos que chamam os operados de fracos ou sem vergonhas que usam a cirurgia como método “mais fácil” para perder peso se engana, é uma cirurgia séria, de grande porte e como toda ela tem seus riscos, inclusive o de morte.

Atingi os 85kg antes mesmo do primeiro ano de cirurgia, e não consegui mais perder peso, sei que não tenho estrutura física de uma mulher de 50kg nem pretendo ser modelo para querer emagrecer tanto, a questão é que voltei a engordar mesmo fazendo dietas tradicionais e nada mais me colocava no foco, que é perder peso.

Conheci a equipe do Café com Manteiga, Liliane Peritore (Coaching ) Geruza (Nutricionista) e Dr. Carlos Bayman (Médico) através da minha irmã, Catarina, e comecei a escutar um pouco sobre a Dieta paleolítica, que na verdade é um estilo de vida propriamente dito. A princípio me assustei, confesso, pois sempre escutamos desde criança que gordura faz mal. Comecei a me questionar, e a gordura que comemos nas comidas industrializadas? Na realidade a indústria alimentícia criou diversas opções práticas, “saborosas” e com maior durabilidade. Para manter um período de validade prolongado são acrescentados diversos aditivos aos alimentos, trazendo prejuízos a nossa saúde. Estou aprendendo muito com a equipe do Café com Manteiga.

A chamada dieta “paleo” nos faz ir até a cozinha, fazemos e sabemos de fato o que estamos comendo e isso sim faz toda a diferença, e não comemos só proteína como muitas pessoas que não entendem falam por ai, comemos muitas verduras, legumes, tubérculos, proteína e sim muita gordura animal.

Lembrando não é receita de bolo, nem você pode fazer a mesma que eu estou fazendo, existem variações da dieta que se adequam a cada tipo de pessoa. Aceitei o desafio do Café com Manteiga e semanalmente escreverei sobre minha experiência com a dieta paleolítica.

Débora Soriano